Translate

18/02/2018

Da Informação à Inteligência

Da Informação à Inteligência
O importante é avaliar não apenas as métricas, mas seus efeitos umas nas outras e no conjunto. Isso transforma informação em inteligência para o negócio.
Para avaliar se as atividades de uma empresa estão indo bem, é importante conhecer algumas métricas. Inicialmente avaliamos as seguintes:
De Curto Prazo:
Liquidez - Capacidade da empresa pagar suas dívidas com seu caixa
Eficiência - Habilidade da empresa usar seus ativos para gerar receita de vendas
De Longo Prazo:
Solvência - Capacidade da empresa cumprir com suas obrigações
Lucratividade - Habilidade da empresa usar seus ativos para gerar lucro
Essas informações, no entanto, só têm valor quando avaliadas da maneira correta. Somente a interpretação pode trazer real utilidade. Com as métricas podemos identificar os pontos fortes e fracos da organização, compará-la no mercado para encontrar potenciais oportunidades, promover ajustes - enfim, traçar estratégias mais completas sem causar revoluções e perdas de tempo dentro da empresa.
Os primeiros passos para se ter uma boa interpretação são, obviamente, chegar à essas métricas que são dimensionadas através de um conjunto de índices e avaliar os impactos e relações entre essas métricas, que podem ser, dentre outras, as seguintes:
1 Liquidez x Solvência: Essas métricas já são realidades apuradas dentro da empresa; são geradas pelas atividades realizadas pela organização até o momento da avaliação; representam o risco real atribuído aos investidores, pois significam o potencial real de calote da empresa.
2 Eficiência x Lucratividade: As variações nessas métricas representam as perspectivas positivas ou negativas da empresa; são atreladas e projetadas de acordo com o que já ocorreu na empresa até aquele momento e com as potenciais ameaças e oportunidades previstas.
3 Eficiência x Liquidez: São métricas que avaliam principalmente as atividades da empresa no curto prazo; a eficiência em gerar capital/receita pela empresa é que eleva ou diminui o estoque de caixa e, com isso, a liquidez da empresa.
4 Lucratividade x Solvência: São métricas que avaliam a sustentabilidade da empresa no longo prazo; a lucratividade significa o potencial de remuneração do valor investido pelos credores, o que tem o potencial de aumentar ou diminuir a solvência do negócio.
Portanto, não importa ter as melhores soluções tecnológicas e os profissionais mais qualificados para se coletar com rapidez e qualidade as informações sobre os processos da empresa. Precisamos ter consciência que informações são apenas peças de um quebra-cabeças que precisa ser montado por nós para conhecermos o mapa da realidade na qual a organização está encerrada, quais os caminhos que ela pode tomar. O que importa é a avaliação e interpretação dos dados coletados e de suas relações para darmos sentido e utilidade aos mesmos, senão o esforço para se chegar a eles se torna inútil. Isso é chegar à Inteligência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário